SIP, Tecnologia

Construções inteligentes – SIP

Com a experiência dos sócios na construção civil nos Estados Unidos, o caminho
da Construtora Casa Rápida não poderia deixar de ser o da inovação e a busca
por métodos construtivos mais inteligentes.

Visando este objetivo, a empresa se deparou com o SIP – Strutural Insulated Panel,
um método que vem revolucionando o mercado imobiliário devido a sua aplicação
sustentável, rápida e eficiente.

PORQUÊ O SIP?

Devido ao ganho de tempo na construção de suas obras, a eficiência do processo construtivo evitando erros e desperdícios, e o apelo sustentável do produto, levaram a Construtora Casa Rápida a apostar no SIP se deparando com um público em busca dos mesmos benefícios para a construção de suas casas.

O QUE É O SIP?

Os painéis de SIP, compreendem duas camadas de OSB (Oriented Strand Board), prensadas tipo sanduiche em um isopor de poliestireno de célula fechada injetado – sistema de espuma rígida de alta densidade, utilizada para garantir firmeza e sustentação em construções de rodovias, pontes, diques, barragens, píers flutuantes, estádios e auditórios, por exemplo, além de ser aplicado em itens de segurança.

Nas obras realizadas pela Construtora Casa Rápida, utilizamos apenas a classe OSB/3, que atende aos padrões de construções internacionais em termos de integridade estrutural, que são painéis com folhas de 11mm destinados às obras residenciais e de 15mm de espessura para as obras comerciais.

Estes componentes além de fornecerem integridade estrutural contínua à construção, são também um excelente isolante térmico e acústico que resulta em uma obra altamente eficiente em termos energéticos.

VANTAGENS DO SIP

Já na fundação as vantagens são inúmeras em relação aos sistemas construtivos convencionais, por exemplo, as estruturas do painel SIP propiciam uma movimentação ou assentamento estrutural quase zero, por serem 90% mais leves que a alvenaria convencional, proporcionando a construção de fundações com menor custo.

A fundação também pode ser feita em alvenaria convencional, ancorando as placas através das guias (caibros de madeira) fixadas na fundação. Os painéis de SIP são peças estruturais de fábrica, sendo que edificações com até cinco pavimentos não precisam de reestruturação. Acima do quinto pavimento pode ser incorporados pilares dentro das paredes externas assim como vigas dentro das lajes secas.

VANTAGENS DO SIP

Os painéis de SIP são compactos ocupando menos espaço do que outros materiais, o proporciona a otimização da área útil. Por serem leves também facilitam na movimentação dos painéis reduzindo o cansaço dos trabalhadores, o risco de acidente e por consequência o aumento na
produtividade hora/trabalhador.

Em relação às instalações hidro sanitárias, elétricas, de lógica (automação) ou de segurança, as tubulações, fiações e cabeamentos são totalmente embutidos dentro dos painéis sem necessidade de recortes e desperdício de tempo ou mão de obra, trazendo rapidez e economia no momento de suas instalações.

Outro fator refere-se à durabilidade e às garantias envolvidas ao processo. Devido à tecnologia aplicada na produção dos insumos utilizados neste sistema, seus fabricantes estendem suas garantias por mais tempo. Sendo a qualidade dos materiais indiscutível (já que todos eles assam por um processo rigoroso de adequação às exigências legais e de fiscalização), isso tudo proporciona uma construção de altíssima segurança e de resistência a ventos de até 300 km/h, muito superior aos sistemas convencionais.

ÁGUA

Considerando um condomínio com 140 sobrados com 150m² por unidade, teríamos uma economia de cinco milhões trezentos e vinte mil litros de água, equivalente a 10.640 caixas d’água de 500 litros, para construir 21.000m² de obras; Em Goiânia o custo por metro cúbico de água é de R$ 9,12 e a economia em valores (desconsiderando os desperdícios de obra) seria de R$ 48.445,00.

SEGURANÇA NOS CANTEIROS DE OBRAS

Outro problema da construção convencional é a falta de organização e os entulhos nos canteiros de obras, que podem acarretar acidentes de trabalho, por consequência, em muitos casos também despesas trabalhistas. Logo o sistema SIP permiti a execução da obra com menos operários, a facilidade na logística dos materiais, aumento na produtividade, e a pequena geração de resíduos.

MANEJO DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO

O índice de desperdício de materiais na construção a seco fica abaixo de 1%, por ser um sistema construtivo industrializado e inteligente. Como parâmetro: o sistema convencional tem perdas de até 30%. Nas obras realizadas pela Construtora Casa Rápida a média de resíduos de construção com o sistema SIP é de um saco de lixo para cada 80m² de construção.

TEMPO DA CONSTRUÇÃO

O ganho de produtividade na construção é de aproximadamente 55% em comparação com os sistemas convencionais de acordo com estudos realizados pelo SIPS.ORG. Uma vez que o trabalho de montagem das peças de SIP é industrializado, o ganho de tempo com frentes de trabalho sendo executadas simultaneamente é significativo, podendo economizar semanas na execução da obra.

QUALIDADE DE ACABAMENTO

As placas de SIP são construídas de forma industrial, garantindo a perfeita replicação no que se refere a tamanho, peso, formato e ângulos.  Assim, as placas só podem ser instaladas na angulação correta, com precisão milimétrica, tanto de esquadro quanto de prumo. Desta forma a aplicação dos acabamentos terá mais qualidade em sua instalação.

FIDELIDADE ORÇAMENTÁRIA E BENEFÍCIOS FISCAIS

As despesas da execução da obra é fidedigna ao material orçado. Desta forma, evita-se desperdícios e gastos logísticos. O Estado de Goiás possui lei de incentivo a bioconstrução com descontos no PIS e Confins, Lei nº 20709 de 15/01/2020

SAÚDE

As características dos materiais aplicados na construção (madeira resinada, isopor, placas de revestimento, manta impermeabilizante Tyvek e outros), evitam a proliferação de fungos, bolor e mofos em geral. O que é um alívio para moradores com problemas respiratórios.

QUALIDADE DE VIDA

Moradias neste padrão são mais confortáveis no que se refere a temperatura e a acústica. Outros fatores que proporcionam bem estar estão ligados à consciência de estar contribuindo com a natureza e a facilidade de manutenção e reformas.

ECONOMIA DE ENERGIA ELÉTRICA

Após alcançar uma temperatura desejável dos equipamentos de aquecimento ou de ar condicionado, ocorrem uma variação de temperatura de até 2º após 24 horas com o equipamento desligado, gerando economia de até 35% na conta de energia elétrica.

DESCONTO DE IPTU

Para os moradores de Goiânia a Prefeitura tem benefício de até 27% de desconto na taxa de IPTU para as construções verdes ou sustentáveis como é o caso do SIP. Outras cidades e estados também já adotaram esta estratégia por entender a importância dessa iniciativa.

REFORMAS OU REPAROS

A praticidade, a rapidez e a geração de resíduos proporcionam a redução dos custos de manutenção em até 1/3 do sistema convencional. Uma vez que a substituição de tubulações elétricas e hidráulicas ou até mesmo a remoção e/ou construção de novas paredes são processos fáceis de execução.

SUSTENTABILIDADE

A madeira usada na produção de OSB é proveniente de árvores jovens e de rápido crescimento em florestas gerenciadas. As árvores jovens produzem mais oxigênio e removem mais dióxido de carbono da atmosfera do que as árvores maduras e são renováveis, recicláveis, biodegradáveis e não tóxicas. A produção de madeira OSB consome 80% menos energia do que o concreto.

 

Nas construções a seco, materiais como argamassa de cimento e areia não são empregados no canteiro de obras. A utilização de água somente ocorre no assentamento dos revestimentos que fazem uso de argamassa para fixação ou colagem das superfícies.

 

A união do consumo reduzido de água com a produção mínima de resíduos e entulhos torna a construção a seco um sistema auto sustentável. O que auxilia na preservação do meio ambiente.

ESTUDOS TÉCNICOS SOBRE O SIP

Vários estudos de pós graduação de engenharia foram realizados em universidades brasileiras para comprovar e validar a produção do SIP no Brasil de acordo com as normas internacionais. Assim, foram desenvolvidos estudos e testes de resistência a fungos, propagação de incêndio, durabilidade e resistência a altos impactos e impermeabilidade. Veja abaixo alguns deles:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *